Equipe Orange comemora bons resultados

Equipe Orange comemora bons resultados

29/05/2017

Correndo em casa, Jomar Grecco venceu os dois dias do Enduro da Polenta, válido pelo Campeonato Brasileiro de Regularidade. Em Biguaçu/SC, o time Orange BH KTM Racing conquistou importantes resultados, mesmo sob muita chuva e lama.

 

O Capixaba Jomar Grecco foi o vencedor do Enduro da Polenta, prova válida pelo Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade. Jomar, que ocupa a vice-liderança na classificação, venceu os dois dias de provas na cidade de Venda Nova do Imigrante/ES e diminuiu a diferença para o líder. Depois de alguns pequenos problemas nas provas iniciais, Grecco busca a recuperação em busca do seu quarto título brasileiro.  A prova foi disputada em trilhas bastante escorregadias, já que choveu muito na região, mas isso não foi motivo pra Jomar deixar de acelerar e vencer os dois dias de prova.

 

“Não tive bons resultados no início do campeonato, mas nada melhor que começar a recuperação em casa. Consegui andar forte e concentrado e vencer os dois dias. A prova estava fantástica, a chuva deixou as coisas um pouco mais difíceis, mas mesmo assim todos gostaram e elogiaram bastante. Prova muito bem organizada e só tenho motivos pra comemorar. Vamos em busca de mais um título brasileiro”, vibrou o piloto capixaba, que mora na cidade de Venda Nova do Imigrante e conhece bem as dificuldades das trilhas locais.

 

Brasileiro de FIM – Biguaçu/SC

 

E se no Polenta as trilhas estavam lisas, as coisas não estavam diferentes em Santa Catarina, palco da terceira prova do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM. As chuvas não deram trégua e deixou tudo ainda mais com plicado para os pilotos que tiveram que encarar muita lama, trilhas escorregadias e até atoleiros durante a prova.

 

O sábado teve vitória de Bruno Crivilin na EnduroGP (Geral). Apesar das dificuldades da prova, o piloto conseguiu andar forte desde o início e depois de abrir boa vantagem, pode administrar o dia. Já no domingo foi o inverso, depois de atolar e perder cerca de um  minuto  e meio já na primeira especial do dia, teve que fazer uma corrida de recuperação.

 

O problema é que por causa da chuva e da dificuldade que os pilotos estavam enfrentando a prova teve que ser encurtada. Mas ainda assim, Crivilin fechou o final de semana com a segunda colocação na Enduro GP. Seu companheiro de Equipe Ian Blythe, fechou o pódio na terceira colocação. Blythe disputou a prova enfrentando gripe e febre, mas ainda assim conseguiu um excelente resultado e importantes pontos para o campeonato.

 

Categoria E1: A Categoria teve a participação do norte-americano Ian Blythe e Patrik Capila. Blythe foi o segundo colocado nos dois dias de prova. Já Capila teve mais dificuldades nas difíceis trilhas catarinenses e foi o 4° colocado no final de semana. Ainda assim, ocupa a 3ª colocação na classificação do Campeonato, considerando os descartes previstos em regulamento.

 

“Foi uma prova boa, mas muito pesada e difícil. Tentei andar forte e não cometer erros, mas não teve jeito, teve horas em que tinha que parar durante as especiais, com pilotos atolados e sem ter como passar. Mas ainda assim consegui salvar importantes pontos pro campeonato”, avaliou Patrik.

 

Já o norte-americano Ian Blythe teve que enfrentar, além de seus adversários as dificuldades das trilhas, uma forte gripe.

 

“Corri com bastante febre e bem gripado. Estava chovendo bastante e muito frio. Mas ainda assim consegui andar bem. Não é pó resultado que esperava, mas daqui a quinze dias tem mais outra prova do Brasileiro em Aracruz/ES e vamos ver o que podemos fazer lá”, ressaltou Ian Blythe.

 

Categoria E2: Na Categoria E2, Bruno Crivilin foi absoluto, venceu os dois dias e manteve 100% de aproveitamento no campeonato.  Apesar da dificuldade das trilhas, Crivilin venceu o primeiro dia com mais de 3 minutos pro segundo colocado. No domingo, a vantagem foi ainda maior, 4 minutos e 20 segundos para o segundo.

 

“No primeiro dia consegui andar forte desde o início e consegui vencer a categoria e a Geral. No domingo, fiquei atolado já na primeira especial e perdi cerca de um minuto e meio, então tive que atacar bastante pra me recuperar. Consegui vencer a categoria, mas não a Geral, que era meu objetivo. Mas ainda assim estou feliz, porque sei que tenho ritmo e estou em condições de brigar pela Geral. No próximo final de semana tem Copa EFX e daqui a 15 dias já temos outra batalha pelo Brasileiro”, disse Crivilin.

 

Categoria E3:  Na Categoria E3 o mineiro Rômulo Bottrel teve problemas no primeiro dia e foi apenas o terceiro colocado. Já no segundo dia atacou mais e venceu a prova, além de ficar com a segunda colocação na Classificação Geral.

 

“A prova estava muito legal e ficou mais bacana ainda com a chuva, o problema é que tinha locais bem complicados pra passar. Eu tava muito bem no primeiro dia, apenas quatro segundos atrás do Crivilin, que liderava, mas acabei ficando preso em uma especial, o que acabou me tirando da briga. Neste domingo tive menos problemas, apesar de perder um tempo preso em uma especial, ainda fiquei em segundo na Geral. Olhando meus tempos, estava brigando pela liderança, o que é sempre muito bom”, ressaltou Bottrel.

 

Os pilotos agora tem compromisso já no próximo final de semana pela Copa EFX e nos dias 10 e 11 de junho disputam em Aracruz/ES, mais uma prova válida pelo Campeonato Brasileiro de Enduro.

 

Classificação do Campeonato Brasileiro, com os descartes previstos em regulamento:

 

ENDURO GP (Geral):

1º Luis Oliveira

2º Bruno Crivilin – Orange BH KTM Racing

3º Rômulo Bottrel – Orange BH KTM Racing

 

Categoria E1:

1º Luis Oliveira

2º Loandro Anton

3º Patrik Capila  – Orange BH KTM Racing

 

Categoria E2:

1º Bruno Crivilin – Orange BH KTM Racing

2º Julio Ferreira

3º Diego Collet

 

Categoria E3:

1º Rômulo Bottrel – Orange BH KTM Racing

    Gustavo Pellin

3º Rigor Rico

 

A Equipe Orange BH KTM Racing tem patrocínio da KTM Brasil, Borilli Racing, ASW, Motul, BrParts, Dragon, Gaerne, Exceed, MrPro, BMS Racing, USWE, Academia do PIC e Alex Design. Pertence ao Grupo Orange, que distribui no Brasil com exclusividade as marcas Airoh e Kini Red Bull. São mais de quatro mil produtos nas concessionárias Orange BH KTM, O2BH Kawasaki e O2BH Yamaha, que se localizam em Belo Horizonte e possuem juntas 1.650m2, a maior loja do segmento no Brasil. Mais informações em orangebh.com.br ou o2bh.com.br.

CRÉDITO DAS FOTOS:

JOMAR GRECCO: ERIK ARAUJO

BRUNO CRIVILIN E RÔMULO BOTTREL: JANJÃO SANTIAGO

Redação por: - Todos os direitos reservados.

Bitnami