M
09.AGOSTO.2012

Felipe Zanol testa e aprova equipamentos para o Rally dos Sertões
Em busca do título inédito das motocicletas, piloto esbanja confiança na Honda CRF 450X e está com tudo pronto para a disputa

Belo Horizonte (MG) – Em uma prova como o Rally dos Sertões, a maior companheira do piloto é a motocicleta. O caminho pela frente é longo, mais precisamente de 4.840 quilômetros que ligarão São Luis (MA) a Fortaleza (CE) entre os dias 18 e 29 de agosto. Felipe Zanol está em busca do título inédito a bordo de uma Honda CRF 450X, e o que não falta é confiança no equipamento. “A moto é a minha fiel escudeira, a harmonia entre equipamento e piloto é fundamental e eu me sinto extremamente confiante”, garantiu o mineiro. A relação entre homem e máquina é tão intensa que o piloto segue o conselho do pai, o experiente Jacy Zanol. “Ele diz que é preciso conversar com a moto”, contou. E a moto responde? “Responde. Eu garanto que essa conversa acontece sim, principalmente em lugares inóspitos como o Jalapão (no Tocantins), quando ficamos horas sem ver ninguém”, divertiu-se Felipe Zanol.

Ele está totalmente adaptado à motocicleta, já que nos últimos dois anos conquistou o vice-campeonato geral do Sertões pilotando a CRF 450X. “Ela é mais leve e maleável, o que ajuda consideravelmente em uma prova como o Rally dos Sertões, na qual encontramos uma grande variedade de terrenos”, analisou, ressaltando as alterações que foram feitas no modelo de competição.

“A moto que eu vou utilizar tem muitos componentes de fábrica. A equipe da Honda forneceu um jogo de suspensão SHOWA que faz uma grande diferença em ralis. Além disso, aumentamos a autonomia com tanques para 26 litros e instalamos os instrumentos de navegação, entre outros acertos específicos para esse tipo de prova. Mas o DNA off-road da motocicleta é o mesmo que vem de fábrica, já que não mexemos em itens como motor, chassi, balança e rodas”, comparou.

Desenvolvimento de produtos – Além de utilizar, Felipe Zanol testa e ajuda a desenvolver os produtos de seus parceiros para o Rally dos Sertões. Ele irá vestir roupas, botas, capacete e luvas da linha Podium da ASW. “Nossa parceria é de longa data e os produtos têm ótima ventilação e flexibilidade, características fundamentais em provas de rali. São bastante confortáveis e duráveis e eu ajudo no desenvolvimento da linha”, explicou Zanol. “Para se ter uma ideia, eu usei um único par de botas durante todo o Rally Dakar em janeiro, isso mostra a qualidade”, complementou.

Zanol também é piloto de testes dos pneus Rinaldi. “Eu ajudo a desenvolver os produtos da Rinaldi e irei utilizar o modelo RMX 35 durante a prova, que é bastante resistente. Em um evento como o Sertões, as trocas são feitas diariamente. Como teremos duas etapas Maratona esse ano, as quais não permitem a troca dos pneus, iremos utilizar oito jogos no rali”, concluiu Zanol.

Felipe Zanol é patrocinado por Honda, Red Bull, ASW, Rinaldi, ATS Informática, Mobil, Vedamotors e Brasil Moto Tour e conta com o apoio de Água Mineral Ingá e Mr Pró.

Fonte: Mundo Press
Crédito: Idário Café/Mundo Press

Facebook: Vai, Zanooool
Twitter: @felipezanol

,
  • COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
  •  
  • MAIS NOTÍCIAS

    M
    VIDEOS